VISITE TAMBÉM

Rua Pedro Vicente, 625

Canindé - São Paulo SP

CEP 01109-010

(11) 3228-7208 / (11) 3315-9018

SINASEFE-SEÇÃO SÃO PAULO

Vamos votar 13 para derrotar Bolsonaro. Ditadura nunca mais!

11.10.2018

 

CARTA ABERTA À COMUNIDADE ACADÊMICA DO IFSP: Vamos votar 13 para derrotar Bolsonaro. Ditadura nunca mais!

 

As eleições no primeiro turno terminaram mantendo o mesmo cenário de instabilidade e polarização que refletem a crise que o Brasil atravessa na economia, na política, nas instituições e na ética, com o avanço de forças com comportamentos fascistas. Bolsonaro é uma verdadeira ameaça à democracia e representa a continuidade da corrupção, aliada à violência.

 

Bolsonaro é declaradamente um entusiasta do Regime Militar e chegou a declarar de forma explícita a defesa da tortura: “Eu sou favorável à tortura e o povo é favorável a isso também.” O então deputado dizia que era preciso “fazer o trabalho que o regime militar não fez, matando uns 30 mil”. Faltaria espaço nesta carta para a transcrição de discursos com conteúdos machistas, racistas, homofóbicos e de intolerância. Um desses discursos, no entanto, vale ser ressaltado. Ao proferir seu voto a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff, Bolsonaro enalteceu “a memória do coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, o pavor de Dilma Rousseff”. Ustra comandou o Doi-Codi, órgão de repressão da ditadura militar, entre 1971 e 1974, e foi acusado pelo desaparecimento ou morte de pelo menos 60 pessoas e formalmente reconhecido como "torturador" em decisão da Justiça Estadual de São Paulo.

 

A tarefa central nesse momento é, portanto, derrotar Bolsonaro e defender as conquistas democráticas frente ao autoritarismo. Ditadura nunca mais! 

 

O Sinasefe-SP apoiará a candidatura de Fernando Haddad e Manuela D'ávila, conclamando que toda a comunidade acadêmica do IFSP, de servidores à alunos, somem esforços numa aguerrida campanha nas ruas, dialogando com os trabalhadores, a juventude e os oprimidos, para não só impedir a vitória da extrema-direita neofascista, mas também para construir as inadiáveis lutas de amanhã.

 

Nós vivemos cotidianamente a realidade de desmonte do Instituto Federal, não apenas sob o aspecto da precarização do trabalho e o desemprego, mas também em relação ao regime político que endureceu: restrição das liberdades democráticas, retirada de direitos, inúmeros ataques relativos a desregulamentação do mercado, entrega do patrimônio nacional, desmonte da legislação social protetora do trabalho e ajuste fiscal como centro. Podemos lembrar aqui, de passagem: reforma trabalhista e medidas a elas associadas; terceirização total e irrestrita aprovada pelo Senado e, recentemente, conferida constitucionalidade pelo STF; EC-95 (Emenda Constitucional) que congela os gastos públicos em áreas sociais por 20 anos; Reforma do Ensino Médio, BNCC e avanço do programa Escola Sem Partido; além do anúncio de privatizações de empresas estatais; entrega do Pré-Sal, dentre tantos outros.

 

Ao contrário de Bolsonaro, que faz continência para a bandeira americana e defende as privatizações, colocando em risco o IFSP e nossos empregos, o programa de Fernando Haddad prevê o fortalecimento e expansão dos investimentos em ciência, tecnologia e inovação. O programa de governo apresentado pelo petista ressalta a importância da interiorização, expansão com qualidade e financiamento permanente. Haddad já se comprometeu em revogar a reforma do ensino médio e elaborar um novo marco legal em diálogo com a comunidade educacional, organizações estudantis e toda sociedade.

 

Para além do nosso compromisso com uma educação pública, gratuita, de qualidade e socialmente referenciada nos Institutos Federais, o Sinasefe-SP está na luta com todos os setores da classe trabalhadora para revogar todas as reformas de Temer, não aceitar nenhuma reforma da previdência que retire direitos, e defender um programa que contenha a reversão das privatizações e garanta os direitos das mulheres, negros, LGBTs e indígenas. 


Nós, trabalhadores e oprimidos, somos a enorme maioria. A batalha do segundo turno não está definida: podemos vencer se estivermos unidos e mobilizados. Não temos tempo a perder! Pelas liberdades democráticas e pelos nossos direitos, vamos derrotar Bolsonaro! Vamos levar Haddad e Manuela a vitória e para que a vontade do povo seja respeitada.

Tags:

Please reload

Notícias em Destaque

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO SINASEFE-SP

13.12.2019

Conheça os principais pontos da PEC que permite redução dos salários dos servidores públicos

11.12.2019

Federais de SP apresentam contraponto ao ‘’Future-se’’

06.12.2019

NOTA REFERENTE CORREÇÃO DO VALOR DA RETRIBUIÇÃO POR TITULAÇÃO (RT) DEVIDO AO COMUNICA SIAPE N° 561584 DE 20/09/2019

04.12.2019

EM DEFESA DA JORNADA DE 30 HORAS, PARTICIPE DA COMISSÃO ESPECIAL!

04.12.2019

EM DEFESA DA JORNADA DE 30 HORAS | NOTA PÚBLICA PELA DEMOCRACIA NA CONSTRUÇÃO DA PORTARIA 4292/2019

02.12.2019

1/1
Please reload

VOLTAR AO TOPO