VISITE TAMBÉM

Rua Pedro Vicente, 625

Canindé - São Paulo SP

CEP 01109-010

(11) 3228-7208 / (11) 3315-9018

SINASEFE-SEÇÃO SÃO PAULO

Nota de repúdio ao workshop de Integração 2018

20.04.2018

Nos dias 17 e 18 de abril, o IFSP reuniu, no auditório da Esaf em São Paulo, cerca de 240 servidores docentes e técnico-administrativos que ingressaram na instituição nos últimos dois anos para o workshop “Acolhimento, Integração e Cooperação”. O encontro contou com diversas palestras e atividades realizadas por Walter Augusto Varella, professor do Instituto.

 

O conteúdo programático do evento, no entanto, causou revolta e indignação por parte de muitos servidores presentes, que procuraram o Sinasefe-SP e redigiram uma Nota de Repúdio. Publicamos o documento na íntegra e exigimos um posicionamento da Reitoria.

 

 

 

 

NOTA DE REPÚDIO AO WORKSHOP DE INTEGRAÇÃO 2018

 

 

A reitoria do IFSP convocou todos os servidores dos Campus Araraquara, Avaré, Bragança Paulista, Birigui, Barretos, Boituva, Campos de Jordão, Capivari Catanduva, Caraguatatuba, Cubatão, Campinas, Guarulhos, Hortolândia, Ilha Solteira, Itapetininga Itaquaquecetuba, Jacareí, Jundiaí, Matão, Pirituba, Presidente Epitácio, Piracicaba, Registro, Reitoria, Salto, São Carlos, São José dos Campos, São João da Boa Vista, São Miguel Paulista, São Roque, Sorocaba, São João da Boa Vista, Sertãozinho, Suzano, Tupã e Votuporanga, que ingressaram no IFSP a partir de Julho de 2016 e que ainda não haviam participado do evento de integração, para participar do Workshop de Integração 2018 na capital de São Paulo.

 

Todos os servidores convocados tiveram que deixar seus postos de trabalho, se deslocar até São Paulo e passar o dia ou até um dia e meio na capital (dependendo da distância percorrida), com investimento de dinheiro público e desgaste no sentido de reorganização de tarefas e reposição de aulas. Entendemos que tamanho esforço e investimento se justifica somente para a realização de atividades que sejam relevantes para a garantia da qualidade do serviço oferecido pelo IF. No entanto, os servidores convocados foram surpreendidos com uma palestra-show proferida pelo professor Walter Augusto Varella, diretor do IFSP/ Registro, que ocupou posição de destaque no evento mas que, infelizmente, em muitos momentos, apresentou falas e atitudes ultrajantes e não condizentes com nosso árduo trabalho em prol de uma educação pública, de qualidade e socialmente referenciada.

 

O palestrante em diversos momentos falou “da empresa” na qual nós trabalhamos. Essa fala causou estranhamento entre os participantes. Afinal, trabalhamos numa instituição pública de educação e esse discurso empresarial não deveria ser a tônica de uma atividade de integração para os novos servidores. A palestra como um todo, apresenta características motivacionais e de autoajuda não se adequando ao que se espera de um ambiente como o nosso. Bater no ombro do colega e dizer “eu acredito em você” não é o tipo de atividade que contribui para a melhoria da qualidade do nosso trabalho.

 

Dentre as falas e atitudes não condizentes, destaca-se o machismo. No evento realizado no dia 17 de abril, em momentos distintos, o palestrante proferiu falas com estereótipos femininos, tais como: “A felicidade do homem no casamento acontece até ele receber a primeira fatura do cartão do crédito”, “Está no DNA da mulher demorar para escolher um vestido”. O preconceito de gênero é reprovável em qualquer ambiente, mais ainda, numa instituição de ensino pública, federal, democrática e que preza pela inclusão e pela diversidade. Ouvir de um palestrante que está ali, com o propósito de integração e acolhimento, frases preconceituosas contra a mulher é altamente ofensivo.

 

Durante o workshop os servidores foram submetidos a atividades vexatórias, como olhar para as palmas das mãos e dizer em voz alto  “eu posso”, “eu sou bom” ou dançar contra a vontade fazendo alusão constante a exoneração, em tom irônico e inapropriado: “quem estiver insatisfeito pode passar no DGP” ou “quem não dançar, passa na reitoria que tem um presentinho a sua espera”. Além disso foram expostas caricaturas estereotipando comportamentos dos servidores públicos e ridicularizando situações como a mobilização contra a divisão do IFSP que vem ocorrendo em vários dos Campus cujos servidores estavam presentes.

 

Causou indignação também a falta de respeito com a qual os profissionais docentes e técnicos administrativos foram tratados. Após ter estereotipado o comportamento de servidores públicos, o palestrante em questão pediu aos servidores presentes que preenchessem um formulário estranho ao IFSP, com identificação e dados para contato e uma tabela contendo perguntas sobre características profissionais e pessoais, inclusive sobre assuntos como “relacionamento” e “espiritualidade”, com claro propósito de vender serviços de autoajuda.

 

Em vários momentos, conforme já citado acima, foi demonstrada uma visão limitada do que é educação e quais os princípios educativos de nossa Instituição, o que é bem ilustrado por um momento em que o palestrante perguntou à plateia quem tinha filhos, pois para ele “os alunos são quase filhos” e, assim, quem tem filhos tem condições de ser melhor professor.

 

Entendemos que encontros desse tipo são importantes para os ingressantes no serviço público e que esses momentos devem ter o claro propósito de ambientar, integrar e criar maior identificação desses novos servidores com o IFSP. As intervenções do Reitor e dos colegas da CiSTA e da CPPD foram na linha esperada, mas foram ofuscadas pela intervenção desrespeitosa aos que lá se encontravam, bem como à própria Instituição. Uma apresentação carregada de pré-conceitos, baseada em metodologia conflitante com uma educação que possibilite a emancipação humana, objetivo basilar dos Institutos Federais. Por outro lado, faltou tempo para a apresentação de setores importantes como as Pró-Reitorias de Ensino, de Pesquisa e de Extensão.

 

Diante do exposto, cobramos posicionamento da Reitoria sobre as atividades ministradas pelo professor Walter Augusto Varella no Workshop de Integração 2018.

 

Coordenação Funcional
Sinasefe-SP

 

 

Imagem: Público do Workshop | Fonte: Site IFSP

Tags:

Please reload

Notícias em Destaque

Bolsonaro e Guedes querem destruir o Estado Brasileiro

07.11.2019

REFORMA ADMINISTRATIVA: SERVIÇO PÚBLICO NA MIRA DO GOVERNO BOLSONARO

04.11.2019

INFORME JURÍDICO

02.11.2019

CARAGUATATUBA | NINGUÉM SOLTA A MÃO DE NINGUÉM: CONDIÇÕES DE TRABALHO É ASSUNTO DE TODXS

31.10.2019

28 DE OUTUBRO: DIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS

28.10.2019

28 DE OUTUBRO: PONTO FACULTATIVO

25.10.2019

1/1
Please reload

VOLTAR AO TOPO