VISITE TAMBÉM

Rua Pedro Vicente, 625

Canindé - São Paulo SP

CEP 01109-010

(11) 3228-7208 / (11) 3315-9018

SINASEFE-SEÇÃO SÃO PAULO

Assembleia Geral dos trabalhadores do IFSP será na próxima sexta-feira, dia 01

27.11.2017

Como parte da implementação dos planos de austeridade, tanto o governo Temer, como sua base aliada no Congresso, avançam contra os direitos e conquistas dos trabalhadores, e em especial do funcionalismo. Diante deste cenário, o Sinasefe-SP convoca todos os trabalhadores e trabalhadoras do IFSP a participarem da próxima Assembleia Geral, que será realizada no Campus São Paulo, na próxima sexta-feira, dia 01 de dezembro.

 

Paulo Baptista, coordenador do sindicato destaca: "É fundamental que os servidores públicos avancem na organização das lutas, para derrubar as propostas e projetos em tramitação no Congresso Nacional, que representam prejuízos irreparáveis para os Institutos Federais e para a população em geral".

 

ATAQUES

 

Na ordem do dia, por exemplo, está a aprovação da Medida Provisória 805/17, que impõe o aumento de 11% para 14% da alíquota previdenciária e deve atingir 711.446 servidores da União. Desse total, 472.597 são da ativa e 238.849 aposentados, segundo dados da Fonacates.

A Medida Provisória 792/2017, por sua vez, trata da criação do Programa de Desligamento Voluntário (PDV) e o Projeto de Lei do Senado (PLS) 116/2017, estabelece regras para a demissão de servidor público estável por "insuficiência de desempenho". Ambas consideradas inconstitucionais, por especialistas.

A aprovação da Reforma Trabalhista, que entrou em vigor no último dia 11, se junta à aprovação do projeto que amplia a terceirização para as atividades fins. E, a última grande cartada, o objetivo maior do governo, é a aprovação da Reforma da Previdência, medida atinge os setores público e privado, obrigando que os trabalhadores morram sem conseguir ter acesso à aposentadoria.

 

A Lei da Mordaça, ou Lei da Escola Sem Partido, uma investida de caráter reacionário que visa dar fim à liberdade de expressão e à liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar o pensamento e ao pluralismo de ideias nas escolas, amordaçando professores e estudantes também está entre os ataques.

 

RESISTÊNCIA

 

Reunidas na manhã da última sexta-feira (24), em São Paulo, as centrais sindicais CSP-Conlutas, Intersindical, CUT, Força Sindical, UGT, CTB, Nova Central, CSB e CGTB, decidiram convocar uma Greve Geral Nacional para o dia 5 de dezembro.

A Greve Geral é uma resposta do movimento sindical contra a nova proposta de desmonte da Previdência Social apresentada pelo governo de Michel Temer na última quarta-feira (22) e que deve ser votada no dia 6 de dezembro. 

 

CONFIRA A CONVOCAÇÃO E A PAUTA DA ASSEMBLEIA! PARTICIPE!

 

 

 

Tags:

Please reload

Notícias em Destaque

Federais de SP apresentam contraponto ao ‘’Future-se’’

06.12.2019

NOTA REFERENTE CORREÇÃO DO VALOR DA RETRIBUIÇÃO POR TITULAÇÃO (RT) DEVIDO AO COMUNICA SIAPE N° 561584 DE 20/09/2019

04.12.2019

EM DEFESA DA JORNADA DE 30 HORAS, PARTICIPE DA COMISSÃO ESPECIAL!

04.12.2019

EM DEFESA DA JORNADA DE 30 HORAS | NOTA PÚBLICA PELA DEMOCRACIA NA CONSTRUÇÃO DA PORTARIA 4292/2019

02.12.2019

Vitória da mobilização! Consup do IFSP rejeita projeto Future-se

28.11.2019

Seminário Nacional do Fórum pelos Direitos e Liberdades Democráticas acontece nos dias 14 e 15 de dezembro, em São Paulo

28.11.2019

1/1
Please reload

VOLTAR AO TOPO